Wilson e Hélio gostavam de trabalhar para a televisão

casa dos segredos 3
Hélio José Catarino e Wilson Teixeira, os dois protagonistas da mais famosa cabeçada do reality show, Casa dos Segredos 3, contrariam a regra dos ex-concorrentes da Casa dos Segredos, e nem o cozinheiro nem o Mister, querem ser DJS, modelos nem actores. No entanto, confessam que gostavam de entrar num projecto de televisão. Hélio apostava num programa "que destacasse o grande valor da gastronomia tradicional portuguesa" e Wilson "gostava de ser comentador desportivo".

Os ex-concorrentes em entrevista à revista VIP:

"Acho que a minha saída teve a ver com isso (cabeçada) e se assim foi quero agradecer aos fãs do Wilson: muito obrigado pelo ‘desapoio’ que me deram! É que não é fácil sair de lá de dentro, mesmo que se queira, por muito que se peça" e garante que o fez muitas vezes a partir da terceira semana, "já estive em sítios muito estranhos, mas aquilo é mesmo muito, muito estranho". Wilson concorda e reforça que "um dia dura uma semana".

O cozinheiro e o treinador de futebol acreditam que vão manter algumas amizades e que as divergências advieram do próprio jogo. "A minha estratégia foi sempre jogar o jogo dos segredos e não das nomeações, outras pessoas preocuparam-se mais com isso", defendeu Wilson, cujo segredo era "estive um mês em coma".

"Tive um acidente de viação aos oito anos. Não fiquei com mais receios, sinto-me um privilegiado por todos os dias me levantar da cama e ter o dom de respirar. Sei dar muito valor à vida!", contou.



Se Wilson aceitava de caras concorrer novamente, Hélio recusa à mesma velocidade: "Não tenho muito espírito competitivo, não é isso que me move. Gosto de experimentar coisas e foi por isso que fui", avançou o ex-concorrente cujo segredo era "sou um fenómeno mundial da Internet", afiançando que a experiencia foi "mais intensa do que eu poderia imaginar e gosto de cometer erros, mas sempre novos".

Igualmente arrependido, mas da agressão, assume-se Wilson, embora não tenha sentido na rua animosidade por parte de quem o aborda. "Dizem que se não tivesse tido aquela ação poderia ter ganho o jogo. Sinto-me um bocadinho triste por ter desiludido as pessoas que gastaram imenso dinheiro a votar em mim e que acreditaram que podia ganhar."

Wilson quer ser treinador de futebol e Hélio, Chef. contudo, ambos pensam na caixinha que mudou o mundo: um gostava de ter um programa "que destacasse o grande valor da gastronomia tradicional portuguesa" e o outro "gostava de ser comentador desportivo".


Gostou? Partilhe...

Posts Relacionados

Wilson e Hélio gostavam de trabalhar para a televisão
4/ 5
Oleh
Página inicial