Político assinou contrato com secretária onde era obrigada a fazer sexo

Político assinou contrato com secretária onde era obrigada a fazer sexo

Uma investigação da Procuradoria de Itália, trouxe a público um contrato celebrado entre um político italiano – secretário de Cultura da região de Los Abruzos – e a sua secretária, que incluía pelo menos quatro relações sexuais por mês.

De acordo com a imprensa italiana, Luigi de Franis, membro do partido conservador ‘Povo da Liberdade’, pagava 35 mil euros anuais a Lucia Zigarello pelos serviços prestados. A mulher, de 32 anos, argumenta que o homem estava obcecado por ela e que foi forçada a assinar o documento.

O contrato foi encontrado nas buscas realizadas à residência da secretária, que está a ser investigada por cumplicidade num caso de suborno do político – atualmente em prisão domiciliária – a operadores culturais da região.

Gostou? Partilhe...

Posts Relacionados

Político assinou contrato com secretária onde era obrigada a fazer sexo
4/ 5
Oleh
Página inicial