Queixou-se de dores e afinal era uma batata na vagina

vagina
Uma mulher deu entrada numa clínica na Colômbia a queixar-se de fortes dores abdominais. Veio a verificar-se a causa; havia colocado há duas semanas uma batata na vagina para impedir que engravidasse. Ou seja, usou uma batata como método contraceptivo.

Os médicos conseguiram retirar a batata, que entretanto já germinara e cujas raízes começaram a instalar-se no colo do útero.
Uma enfermeira, Carolina Rojas, acrescentou que a mulher, de 22 anos, já tinha inclusive raízes a saírem da vagina.
«A minha mãe disse-me que se não quisesse engravidar que deveria colocar uma batata lá para dentro. Acreditei nela», sustentou a jovem. Segundo a enfermeira, a equipa médica conseguiu retirar a batata sem necessidade de recorrer a cirurgia e não espera que a jovem venha a sofrer de quaisquer efeitos colaterais, excepto uma aversão a voltar a usar batatas como um contraceptivo.

Gostou? Partilhe...

Posts Relacionados

Queixou-se de dores e afinal era uma batata na vagina
4/ 5
Oleh
Página inicial