Imigrantes Muçulmanos exigem a remoção da cruz da bandeira suíça

Imigrantes Muçulmanos exigem a remoção da cruz da bandeira suíça
Second@s Plus, associação de imigrantes muçulmanos na Suíça, anunciou uma campanha nacional visando remover a Cruz branca da bandeira nacional.


Segundo o Hudson Institute, o grupo argumenta que é um “símbolo cristão que não mais corresponde à Suíça multicultural de hoje”. Ivica Petrusic, vice-presidente do grupo muçulmano, explicou que a Cruz ofende os imigrantes maometanos e que os suíços, portanto, deveriam escolher outro símbolo.
Para Petrusic, “é necessário separar a Igreja do Estado”. Ele ainda escarneceu os suíços dizendo que não acreditam mais na Cruz.

Gostou? Partilhe...

Posts Relacionados

Imigrantes Muçulmanos exigem a remoção da cruz da bandeira suíça
4/ 5
Oleh
Página inicial