Icon Icon Coffe Things
Gearbest flash-sale promotion

Era homem, mudou de sexo e agora está arrependida

31/10/12

Ria Cooper

A jovem inglesa Ria Cooper mudou de sexo no ano passado, transformando-se numa mulher, segundo conta o Sunday Mirror. Eliminou o seu passado e mudou o nome, de Brad, para Ria.
Viveu feliz com o seu novo género e namorou alguns rapazes.
Até que aos 18 anos, depois de ter investido milhares de libras em tratamentos, decide que quer voltar a ser um homem.
A histórica tem o lado insólito, mas lança na Grã-Bretanha uma questão pertinente, sobre a idade mínima que deveria ser aceitável para mudar de sexo.
É que Ria já tentou duas vezes o suicídio, em virtude daquela decisão de que está arrependida.
Numa noite, tentei cortar os pulsos eu bebi uma garrafa de Jack Daniels. Eu só pensava no erro da minha decisão, que mudou a minha vida e a relação com a minha família. Quero voltar a ser um homem, para resolver os meus problemas”, revela, ao Sunday Mirror.
Não quero viver em isolamento, longe das pessoas que amo. Este é o único caminho a seguir. Eu só quero ser feliz e esta é a minha última oportunidade”, diz ainda.
Ria, que vive em Hull, East Yorks, vestia-se como uma mulher desde os 12 anos, usando as roupas da irmã. Foi gozada na escola e alvo de proscrição. Aos 15 anos, decide mudar de sexo, acreditando que a sua vida iria melhorar.
Acabou por ser encaminhada para um psicólogo e, mais tarde, para uma Clínica de Identidade de Género, em Londres, onde os especialistas verificaram que Ria “era uma mulher presa num corpo de homem”.
Aos 17 anos, começaram os tratamentos de Ria, que a transformaram na mais jovem paciente do Reino Unido a mudar de sexo. E a decisão controversa devastou sua vida. Um ano mais tarde, quer regressar ao passado.



Visualizações de página!!

Gostas?