Urinóis de rua: os Urinóis que fazem as plantas crescerem

Urinóis de rua: os Urinóis que fazem as plantas crescerem
Fazer xixi na rua dentro da legalidade, sendo limpo e ecológico... Um sonho que se tornou realidade com os urinóis de rua! Esses urinóis públicos de última geração já conquistaram o coração dos habitantes de Nantes, mas agora eles chegam a Paris.
Desenvolvidos pela empresa Faltazi, os urinóis de rua são simplesmente urinóis divertidos. "O urinol de rua, um urinol inteligente, gera compostagem e permite que flores cresçam. Ao contrário de um urinol temporário clássico, a urina é valorizada graças a uma primeira filtragem pela palha, limitando os odores desagradáveis", explica Laurent Lebot, co-gerente da Faltazi.
Uma vez que a urina é depositada no urinol, ela é recolhida com a palha para fazer a compostagem. Graças ao nitrogênio e ao fosfato naturalmente presentes em grande quantidade na urina, o composto poderá, em seguida, ser utilizado como adubo para as plantas.
Quatro urinóis de carua escondem-se por Paris: no Boulevard de Clichy (18º), na Praça Henri Frenay (12º), na Praça Tino Rossi (5º) e na Île Saint-Louis (4º). Mas um quinto chegará em breve na rua Bossuet no 10º arrondissement.
Continuar a ler...

Descubre por que a Volkswagen mantém imensos "cemitérios" de veículos

Descubre por que a Volkswagen mantém imensos "cemitérios" de veículos
No meio do deserto na Califórnia, uma área imensa está sendo ocupada por milhares de veículos da marca alemã Volkswagen, parados e sujeitos à ação do tempo. Esse é apenas um dos 37 "cemitérios" de carros que, juntos, abrigam 350 mil veículos. Mas por quê?
Entre 2009 e 2015 a empresa foi envolvida em escândalos que a acusavam de manipular milhões de testes para diminuirem de emissão de gases em veículos a diesel. A marca admitiu o erro e criou um programa de devolução de veículos que interessou a mais de 340 mil consumidores. A Volkswagen gastou de cerca de 7,4 mil milhões de dólares, e guardou os veículos nestes cemitérios.
Segundo o porta-voz da empresa, os carros estão armazenados apenas provisoriamente e recebem manutenção regularmente. Eles devem voltar ao comércio após após a aprovação das modificações de emissão. Os veículos que não puderem ser corrigidos serão reciclados de maneira responsável.
Continuar a ler...

Jovem de 17 anos engravida depois de noite de sexo com quatro homens

Jovem de 17 anos engravida depois de noite de sexo com quatro homens
Uma jovem britânica de 17 anos revelou em exclusivo à coluna sentimental de um jornal que engravidou depois de uma noite em que exagerou bastante na quantidade de álcool ingerida e se acabou por envolver sexualmente com quatro homens diferentes. A jovem, que acabou de entrar na faculdade, foi convidada para ir a uma festa por um rapaz que conheceu num bar, juntamente com uma amiga. "Eu disse à minha mãe que ia dormir em casa de uma colega. Quando lá chegámos deparámo-nos com uma casa enorme onde não havia praticamente ninguém da nossa idade. Toda a gente parecia mais velha, na casa dos 20 anos", começa por contar.

Foi então que tudo começou. A rapariga foi abordada por um rapaz que a convidou para irem para um sítio mais calmo, onde pudessem conversar. Os dois fizeram sexo no andar de cima da habitação, num dos quartos. A jovem, já bastante alcoolizada, acabou por adormecer, só acordando com o barulho do homem a sair do quarto. "Ele não voltou mais mas depois um outro rapaz abriu a porta e perguntou se eu estava bem. Falámos um bocado e quando dei por mim estávamos a fazer sexo. Eu não estava em mim, parecia que estava a viver num filme. Mais tarde vieram outros dois jovens e eu não me recordo de muito mais, mas sei que também fiz sexo com eles", recorda.

A jovem acordou às 04h00 da manhã do dia seguinte, naquele mesmo quarto. Agora descobriu que está à espera de bebé. "Eu sei que vou dar uma boa mãe mas não sei qual dos rapazes é o pai ou mesmo como os encontrar. Acho que nem sequer sou capaz de ir dar àquela casa outra vez.
Continuar a ler...

Campanha publicitária afirma que Lituânia é o "Ponto G" da Europa

Vilnius, a capital da Lituânia, está lançou uma campanha publicitária em forma de promessa de orgasmo turístico, apresentando a cidade como o “ponto G da Europa”, uma iniciativa que o governo atrasou até agosto, devido à visita do Papa Francisco.
Lembrando que o país é majoritariamente católico, inicialmente um pedido foi feito ao municipio para atrasar a campanha até depois do fim da visita do Papa, prevista para o final de setembro. Mas os organizadores recusaram o pedido. O primeiro ministro da Lituânia, Saulius Skvernelis, disse não achar a campanha ofensiva aos padrões e costumes públicos, mas que o “timing” dela é um pouco estranho:“Eu acho que é uma escolha estranha como campanha publicitária, mas eu acredito que ela não transgride os limites num país democrático”, contou Skvernelis.
Cartazes da campanha incentivando o turismo devem ser expostos nas ruas de Berlim e de Londres, apresentando uma jovem mulher, de grandes cabelos ruivos que, visivelmente, experimenta um arrepio, fechando compulsivamente a mão no mapa da Europa no lugar onde se encontra a Lituânia.
O texto em inglês garante: “Ninguém sabe onde é, mas quando você encontra, é incrível”. E completa, em letras garrafais: “Vilnius, o ponto G da Europa”. A equipe responsável pelo turismo da cidade, Go Vilnius, explica que a campanha tem como público alvo pessoas na faixa etária de 18 a 35 anos. O cartaz deve começar a aparecer em breve nas principais redes sociais. 
Padres lituanos expressaram preocupações a respeito da campanha, alegando o uso a “sexualidade feminina como publicidade” e gerando “ideias equivocadas” sobre Vilnius, uma cidade cuja população é de 540 mil habitantes. O presidente da conferência episcopal lituana, o arcebispo de Vilnius Gintaras Grusas, criticou a iniciativa, estimando que ela “reforça potencialmente a imagem de Vilnius como cidade do turismo sexual e explora a sexualidade feminina”.
No entanto, Inga Romanovskiene, a líder por trás da campanha da agência Go Vilnius de turismo, disse que a visita do Papa era “um evento muito importante, mas a cidade quer também atrair novos visitantes”. Ela explicou: “Quando se trata de atrair o turista moderno, nós estamos lidando com um altíssimo nível de competição com outras cidades europeias e países que investem de forma pesada no marketing turístico (...) Os publicitários que vieram com o slogan ‘Vilnius; o ponto G da Europa’ trouxeram uma ideia extremamente atrativa para agregar interesse pela cidade”, concluiu. Uma das criadoras da campanha, Jurgis Ramanauskas, completou: “Poucas pessoas sabem onde Vilnius realmente fica, mas quando elas chegam, elas apaixonam-se pela cidade”.
Continuar a ler...
Página inicial