Apanhado a ver pornografia em julgamento!

Tinha hábito de ver pornografia quando "estava aborrecido"
Um funcionário judicial britânico foi apanhado a ver pornografia na Internet durante um julgamento de violação que estava a decorrer num tribunal de Londres, estando agora a responder por um crime de má conduta no exercício de cargo público, bem como cinco de posse de imagens indecentes.
Segundo o 'Daily Mail', Debasish Majumder, de 54 anos, estava a ver imagens pornográficas na sala de audiências enquanto uma vítima de violação testemunhava. Acabou por ser o juiz Nigel Seed, única pessoa presente que podia observar as suas consultas na Internet, a denunciá-lo.
O funcionário de origem indiana confessou que tinha o hábito de ver pornografia durante os julgamentos "uma ou duas vezes por semana, sobretudo "quando estava aborrecido". Na ocasião em que foi apanhado via imagens de casais a fazer sexo e de mulheres em topless a serem amordaçadas.
A advogada de defesa do funcionário judicial justificou o comportamento do seu cliente com um acidente vascular-cerebral sofrido há oito meses e que poderá ter afectado "a sua capacidade de distinguir entre certo e errado".
in CM

Gostou? Partilhe...

Posts Relacionados

Apanhado a ver pornografia em julgamento!
4/ 5
Oleh
Página inicial