Poema - Cromos ENTERRO AVEIRO 2012



Sentado na retrete
sem saber para onde ir,
a brincar com o cassetete
e não me consigo vir.

Gostou? Partilhe...

Posts Relacionados

Poema - Cromos ENTERRO AVEIRO 2012
4/ 5
Oleh
Página inicial